3 de agosto de 1988 - Tema V – O Sistema Financeiro

Os economistas da terceira etapa de debates do seminário chegaram à conclusão de que o país caminhava para a hiperinflação. O ex-ministro da Fazenda Luiz Carlos Bresser-Pereira participou da discussão sobre o sistema financeiro na parte da manhã. De todos os economistas presentes, o menos pessimista foi André Lara Resende, um dos autores do Plano Cruzado, que declarou que um dos problemas estava no sistema financeiro. Segundo Resende, apesar de criado para financiar o setor privado, o sistema financeiros estava financiando o Estado, cada vez mais endividado. Ex-diretor do Banco Central no período do Plano Cruzado, Luiz Carlos Mendonça de Barros foi bastante pessimista em relação à situação financeira do Brasil e citou ser necessário encontrar mecanismos para a rolagem da dívida externa e ainda não abrir mão da privatização das empresas estatais. Também compôs a mesa o economista Júlio Sérgio Gomes de Almeida, do Instituto de Economia Industrial da UFRJ.

Luiz Carlos Mendonça de Barros discutiu o sistema financeiro. Foto: Siarq/Unicamp.
Luiz Carlos Mendonça de Barros discutiu o sistema financeiro. Foto: Siarq/Unicamp.