Semana Caetano - abril de 1987

No segundo ano de existência, o “Aquarelas do Brasil” colocou em prática uma ideia que nasceu com o projeto, mas que não foi possível de se viabilizar no ano anterior. A cada espetáculo mensal foi promovido um debate cultural em torno do nome escolhido. O programa naquele ano se iniciou em 6 de abril, com a "Semana Caetano", trazendo artistas, acadêmicos e intelectuais para discutir o papel com cantor e compositor baiano na cultura brasileira. A programação de 6 a 9 de abril, que contou com sessões de cinema e debates, foi encerrada com um show de Caetano Veloso no Ginásio da Unicamp.

Abrindo a programação da "Semana Caetano", o filme “O Cinema Falado”, dirigido por Caetano Veloso, foi exibido no Cineclube Barão nos dias 6, 7 e 8 de abril de 1987, e seguido de debates sobre a obra.

No dia 6 de abril, a "Semana Caetano" contou com o debate “Caetano e a MPB”, que reuniu cerca de 300 pessoas no Ciclo Básico da Unicamp.

No dia 7 de abril de 1987, a "Semana Caetano" promoveu o evento “Caetano e o cinema”, com a presença do cineasta Júlio Bressane.

A "Semana Caetano", no dia 8 de abril de 1987, realizou o encontro “Caetano, produto artístico”, com José Celso Martinez Corrêa, José Miguel Wisnik, José Antônio de Almeida Prado e Adilson Ruiz, sob a mediação de Fernando Faro, no Ciclo Básico da Unicamp.

No dia 9 de abril de 1987, o debate “Caetano e liberdade” foi conduzido pelo poeta, escritor, tradutor e letrista Paulo Leminski no prédio do Ciclo Básico da Unicamp.

Caetano Veloso apresentou o show “Totalmente Demais”, no dia 9 de abril de 1987, encerrando a programação da "Semana Caetano" no Ginásio da Unicamp.