Inovação e Tradição em Paros Arcaico

Data do Evento
Término
Inovação e Tradição em Paros Arcaico

A ilha de Paros foi um dos principais centros da cultura grega arcaica, um lugar onde os artistas fizeram inovações ousadas em arquitetura, escultura e pintura de vasos. Os moradores da ilha também se empenharam em empreendimentos de colonização audaciosos em várias partes do Mar Egeu. Além disso, Paros era renomado como o lar do poeta arcaico Arquíloco, que foi venerado nesse local em um singular culto de herói. O programa da Escola de Verão Brasileira na Grécia, que neste ano terá como tema Inovação e Tradição em Paros Arcaico, explorará as principais realizações da cultura pariana durante o período arcaico através das lentes dos antigos sítios arqueológicos da ilha e das magníficas cerâmicas e esculturas reunidas no Museu Arqueológico de Paros. A Escola de Verão Brasileira na Grécia é organizada pelo Instituto de Estudos Avançados (IdEA) da Unicamp em parceria com o arqueólogo Yannos Kourayos, curador do Museu Arqueológico de Paros, com apoio do Instituto de Estudos da Linguagem (Programa de Pós-graduação em Linguística) da Unicamp, do Ministério das Relações Exteriores do Brasil e da Embaixada do Brasil em Atenas.

Será dedicada atenção particular ao Santuário de Apolo na ilha de Despotiko, onde voluntários têm a oportunidade de escavar por duas semanas e aprender o básico da arqueologia de campo. Yannos Kourayos, arqueólogo responsável pelo sítio de Despotiko, exerce também o cargo de ministro regional do Ministério da Cultura e Esporte da Grécia em Paros. Para contextualizar as conquistas parianas, visitaremos museus em Naxos, Delos e Atenas, para comparar os materiais arcaicos desses locais. O programa também conta com uma série de palestras temáticas ministradas presencialmente em Campinas, Atenas e Paros. O primeiro conjunto de palestras, intitulado Inovação e Tradição no Período Arcaico Grego: História, Arte e Arqueologia, apresentou temas amplos do período arcaico durante os dias 18, 19 e 20 de abril de 2022 no Instituto de Estudos Avançados (IdEA).

O segundo e o terceiro blocos serão voltados aos voluntários selecionados que farão o trabalho de campo na Grécia. Essas palestras pretendem proporcionar uma percepção mais detalhada da literatura, arte e arquitetura pariana no período arcaico. As visitas a sítios e museus em Atenas, Paros, Delos e Naxos permitirão aos voluntários construir uma visão mais ampla e complexa da Grécia, associadas a aulas que abordarão temas ligados à cultura clássica e aos períodos helenístico e romano na Grécia antiga. Particular atenção será dada à recepção da cultura Grega na Antiguidade.

A seguir se apresenta um panorama das palestras e visitas, bem como dos organizadores e palestrantes, e, ao final, um cronograma sucinto dos eventos.

 

I. Palestras Temáticas “Inovação e Tradição no Período Arcaico Grego: História, Arte e Arqueologia”, ministradas na Unicamp pela arqueóloga Erica Angliker (18 a 20 de abril de 2022)

  1. Introdução: A Arqueologia do Período Arcaico
  2. O Mediterrâneo: Ecologias Naturais e Humanas
  3. A Evidência para o Período Arcaico: Fontes Arqueológicas e Escritas
  4. Banquetes, a Pólis e as Instituições Políticas Arcaicas
  5. Mega Thauma: Música e Dança para os Deuses em Delfos e Delos
  6. Colonização e Imigração durante o Período Arcaico
  7. Arte Grega Arcaica I: Arquitetura e Escultura
  8. Arte Grega Arcaica II: Cerâmica, Vasos de Bronze e Estatuetas
  9. Arte Grega Arcaica III: Selos, Tecidos e Joias

 

Primeira Escola de Verão Brasileira na Grécia (7 a 26 junho de 2022)

 

II. Palestras Temáticas: Atenas (Casa do Brasil)

  1. Uma Introdução à Atenas Antiga (Erica Angliker)
  2. A Acrópole (Erica Angliker)
  3. As Esculturas do Parthenon no Contexto da Narrativa Curatorial do Museu da Acrópole (Celina Lage)
  4. Tragédia Grega I (Flavio Oliveira)
  5. Tragédia Grega II (Flavio Oliveira)
  6. Mulheres, Tecidos e Consagrações Arcaicas na Acrópole (Vasiliki Georgiaka)
  7. Arquíloco e Paros I (Massimo Ornaghi)
  8. Arquíloco e Paros II (Massimo Ornaghi)
  9. Ovídio e a Grécia Antiga (Patrícia Prata)

 

III. Palestras Temáticas: Paros

  1. Trabalho de Campo Arqueológico: Metodologias, Práticas e Interpretação (Luigi Lafasciano)
  2. O Santuário em Despotiko (Yannos Kourayos e Kornilia Daifa)
  3. Vestígios da Idade do Ferro em Antiparos e Despotiko (Alexandra Alexandridou)
  4. Os Santuários Cicládicos no Período Arcaico (Erica Angliker)
  5. Naxos e Paros no Período Arcaico (Erica Angliker)
  6. O Santuário em Delos do Período Arcaico ao Romano (Erica Angliker)
  7. Os Santuários em Paros do Período Arcaico ao Clássico (Erica Angliker)
  8. Esculturas Parianas Arcaicas (Erica Angliker)
  9. Cerâmicas Parianas Arcaicas (Erica Angliker)
  10. A Poesia Grega Arcaica (Flavio Oliveira)
  11. O Culto de Apolo, a Educação Antiga e a Prática do Sonho Ritual (Luigi Lafasciano)
  12. Ovídio e Arquíloco de Paros (Patrícia Prata)
  13. Delos e Despotiko no Contexto da Conectividade do Egeu (Christy Constantakopoulou)

 

IV. Visitas em Atenas (7 a 10 de junho de 2022)

  1. Biblioteca Gennadius (American School of Classical Studies).
  2. A Acrópole e o Museu da Acrópole
  3. Museu Cicládico
  4. Museu Benaki
  5. Museu Arqueológico Nacional de Atenas
  6. Visita a Esparta (Museu Arqueológico de Esparta, tumba de Menelau e Helena, santuário de Artemis). Recepção do grupo brasileiro no Centro Espartano pelo prefeito de Esparta, Petrous Doukas.

 

V.  Visitas na Região de Paros (11 a 25 de junho de 2022)

  1. Museu Arqueológico de Paros
  2. Santuário Delion em Paros
  3. Santuário de Atena em Paros
  4. Santuário de Asclépio e Apolo em Paros
  5. Antigo Cemitério de Paros (período arcaico ao romano)
  6. Castelo Veneziano Naousa
  7. Igreja Bizantina Ekatontapyliane
  8. Treis Ekklesies e Heroon de Arquíloco
  9. Caverna em Antiparos (Antigo Santuário de Ártemis)
  10. Cidadela medieval em Antiparos
  11. Caminhada ecocultural ao longo do Caminho Bizantino em Paros (Lefkes)
  12. Rota Médica Medieval Bizantina (Lefkes, Paros)
  13. Oficina de Cerâmica Helenística
  14. Pedreiras Antigas de Marathi
  15. Delos
  16. Museu Arqueológico de Mykonos
  17. Naxos: Museu Arqueológico de Naxos, Santuário de Apolo, Santuário de Dioniso, Santuário na Pedreira de Phlerio

 

VI. Escavações em Despotiko (12 a 26 de junho de 2022)

Luigi Lafasciano e Erica Angliker acompanharão o grupo até o sítio em Despotiko, onde os voluntários aprenderão técnicas básicas de escavação e métodos de registro dos achados. Antes do início dos trabalhos de campo, Luigi Lafasciano irá introduzir aos voluntários através de palestras uma visão geral ampla dos conceitos de trabalho de campo arqueológico, incluindo princípios de estratigrafia, metodologias modernas, melhores práticas para a análise de artefatos e contextos e a interpretação de resultados. A palestra será focada nas escavações do santuário de Apolo em Despotiko, de forma que os estudantes obtenham uma imagem clara das questões práticas envolvidas nos trabalhos deste local específico.

 

VII. Exposição fotográfica na Unicamp (segundo semestre de 2022)

No segundo semestre de 2022, haverá na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) uma exposição de fotos do sítio de Despotiko com imagens produzidas pela arqueóloga e fotógrafa Natalia Velli e por voluntários. As responsáveis pela curadoria são a professora Celina Lage, da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), e a pesquisadora Erica Angliker, do Danish Institute of Mediterranean Studies.

 

Organização da Escola de Verão:

Erica Angliker (The Danish Institute of Mediterranean Studies - DIOMEDES, Copenhague)

Isabella Tardin (Instituto de Estudos Avançados da Universidade Estadual de Campinas)

 

Organização das escavações em Despotiko:

Yannos Kourayos (Museu Arqueológico de Paros e ministro regional do Ministério da Cultura e Esporte da Grécia em Paros)

Kornilia Daifa (arqueóloga e assistente principal das escavações em Despotiko)

Erica Angliker (The Danish Institute of Mediterranean Studies - DIOMEDES, Copenhague)

Luigi Lafasciano (Instituto Diakron)

 

Palestrantes:

Alexandra Alexandridou (Ioannina University)

Celina Lage (Universidade do Estado de Minas Gerais)

Christy Constantakopoulou (Birkebeck University)

Flavio Oliveira (Universidade Estadual de Campinas)

Kornilia Daifa (Sítio Arqueológico de Despotiko)

Luigi Lafasciano (Instituto Diakron)

Massimo Ornaghi (Università degli Studi di Torino)

Patrícia Prata (Universidade Estadual de Campinas)

Vasiliki Georgiaka (Museu Nacional Arqueológico de Atenas)