Brasil Século XXI

Série de seminários realizada pela Unicamp, de julho de 1988 a abril de 1989, com o propósito de revalorizar a ideia do debate prospectivo de ampla visão histórica, com ênfase na reflexão e na discussão das tendências da realidade brasileira, assim como dos rumos e das alternativas para além da virada do século XX. Idealizado pelo reitor Paulo Renato Souza, o evento pretendia avaliar as perspectivas nas áreas da economia, das políticas, da tecnologia e da ciência, da sociedade e da cultura, e também apontar possíveis saídas para a década final do milênio. Os seminários foram divididos em cinco módulos que tentaram contemplar áreas temáticas abrangentes dos problemas que mais afligiam a sociedade brasileira naquele período.

A contribuição esperada dos pensadores e intelectuais estrangeiros era o debate das tendências de evolução da sociedade em âmbito internacional e de outras questões importantes. Pretendia-se ainda aprofundar a discussão sobre as questões brasileiras à luz da interpretação, sobre as perspectivas de evolução mundial da sociedade, para que a discussão sobre o Brasil pudesse ser então inserida no debate maior das tendências globais.

O ciclo de seminários conquistou o prêmio de melhor evento do ano de 1988, conferido pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Os debates, graças à profundidade de suas abordagens e aos especialistas brasileiros e estrangeiros que deles participaram, obtiveram grande repercussão nacional e internacional. Participaram dos seminários nomes estrangeiros como Alain Touraine, Claus Offe, Alexander Zinoviev, Adam Przeworski, Barbara Stallings, Alessandro Pizzorno, Edgar Morin, Perry Anderson e Philippe Schmitter. Também estiveram presentes brasileiros como Luciano Martins, José Goldemberg, Luiz Carlos Bresser-Pereira, Maria da Conceição Tavares, Marilena Chauí, Antonio Cândido, Gabriel Cohn, Hélio Jaguaribe, Celso Furtado, Francisco Weffort, Henrique Rattner, Fernando Henrique Cardoso, Dorothea Werneck, Plínio de Arruda Sampaio, Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo, Luciano Coutinho, João Manuel Cardoso de Mello e Adroaldo Moura, entre outros.